A Percepção Incorreta e Custosa Sobre o Projeto Higiênico

Quatro maneiras pelas quais o equipamento certo pode ajudar a economizar tempo, dinheiro e esforço

Duas mulheres usando luvas, redes de cabelo e aventais limpando uma esteira ThermoDrive

Você está sentado? OK, bom.

No primeiro trimestre de 2022, a Food and Drug Administration (FDA) dos EUA recolheu mais unidades no setor alimentar do que no total entre 2018 e 2021.

Isso é mais alimentos (mais de 1,3 milhões) passando por recall em três meses do que nos últimos quatro anos.

O aumento constante e cada vez mais alarmante dos recalls de produtos alimentícios nos últimos anos levou uma população crescente do setor a mudar de ideia sobre o design higiênico.

Muitos fabricantes de alimentos operaram sob o equívoco de que equipamentos projetados de forma higiênica devem custar mais do que as alternativas tradicionais.

A verdade é que, se a sua fábrica está considerando uma atualização ou um novo projeto de capital, os benefícios econômicos da implementação de equipamentos concebidos de forma higiênica aumentam rapidamente.

Como compartilhamos em um artigo anterior, ao calcular o custo total de propriedade (TCO) de um equipamento, é importante examinar fatores além do preço inicial de compra. Por exemplo, quais são os custos de longo prazo envolvidos?

A escolha de equipamentos projetados de forma higiênica pode economizar tempo, dinheiro e esforço significativos dos fabricantes de alimentos. Como?

Menos tempo de higienização, mais tempo de atividade

Quantos membros da equipe de higienização são necessários para limpar seu equipamento atual? Quanto tempo é gasto na limpeza?

E se você pudesse economizar uma hora? Ou uma hora e meia? Transportadores com design higiênico adequado ajudam você a dedicar nas operações algum tempo que seria gasto na higienização.

"Se estiver utilizando o equipamento, está ganhando dinheiro. Você está fazendo o produto", diz Brad Klemme, Especialista Sênior em Segurança Alimentar da Commercial Food Sanitation. "Durante o processo de higienização, isso não acontece. Assim, quanto mais você puder reduzir esse tempo de ciclo, mais financeiramente benéfico será para sua empresa, independentemente da categoria de alimentos em que você trabalha."

Seguir o caminho do design higiênico não precisa custar mais. Geralmente, é essa percepção equivocada que as pessoas têm. Você precisa levar em conta o custo total de propriedade para ter uma visão completa do que será necessário para operar esse equipamento durante sua vida útil.

Brad Klemme
Brad Klemme
Especialista Sênior em Segurança Alimentar da Commercial Food Sanitation (CFS)

Requer menos treinamento

Esse é um custo frequentemente negligenciado ao calcular o TCO. Quanto mais complexo um equipamento for de operar e/ou limpar, mais treinamento será necessário. Isso é especialmente difícil com os desafios de pessoal e altas taxas de rotatividade que muitas fábricas estão enfrentando.

"Possuir equipamentos que requerem treinamento extensivo não é compatível com o que estamos vendo no setor de alimentos agora do ponto de vista da equipe", diz Klemme.

Normalmente, os equipamentos projetados de forma higiênica não exigem uma desmontagem completa para a limpeza ou um conhecimento técnico robusto para operar e manter. Isso significa que você pode treinar novos membros da equipe de forma mais rápida e eficiente.

Dica da equipe: Seja parceiro de Fabricantes de Equipamentos que entendem, priorizam e implementam princípios de design higiênico em seus equipamentos.

Mais fácil de limpar

Por projeto (literalmente), o equipamento transportador higiênico é construído com a simplificação em mente. Ou seja, requer menos para funcionar em um nível alto. Isso pode significar não apenas menos peças, mas também menos pessoal.

Nas peças de equipamento projetadas de forma higiênica, os pontos de nicho são eliminados para evitar o acúmulo de produtos e o potencial de micro-acúmulo.

O equipamento transportador com um design simples pode ser limpo mais rapidamente. Os higienizadores conseguem acessar facilmente todas as suas áreas. Também há pouca ou nenhuma desmontagem envolvida (e nenhuma ferramenta é exigida se for necessário desmontar).

Um equipamento mais complexo e fechado demora mais tempo para ser limpo eficazmente, o que custa aos fabricantes de alimentos mais dinheiro em água, produtos químicos e mão-de-obra necessários.

Limpeza Periódica do Equipamento (LPE)

Quanto mais complicado for o equipamento, mais peças móveis ele tem, e fica mais difícil aplicar todos os princípios higiênicos para eliminar totalmente a necessidade de algum grau de desmontagem do LPE.

"Quando seus grupos de manutenção e higienização precisam colaborar e desmontar regularmente o equipamento para limpá-lo com eficiência, isso fica muito caro", diz Klemme.

Sua empresa tem um programa de LPE vigente? Se não tiver contrário, pode haver um risco de segurança alimentar que você não conhece, o que pode causar contaminação cruzada com seu produto. Se não houver verificação, este é o tipo de custo oculto que pode crescer e se tornar o pior tipo de resultado para sua empresa: um recall de produto.

"É como nadar em águas infestadas por tubarões e não saber que está em águas infestadas por tubarões", explica Klemme. "Sem um programa de LPE, você não sabe do que não sabe. E essa é a parte assustadora."

Ícone de duas bisnaguinhas

História de sucesso: Martin's Famous Pastry Shoppe

Descubra como o treinamento de oficina da CFS ajudou uma panificadora a reduzir o tempo de inatividade e a perda de produtos em quase 60%.

Saiba como

Com todos os benefícios de longo prazo e economia na escolha de equipamentos projetados de forma higiênica para suas operações de fabricação de alimentos, a pergunta real é: você pode se dar ao luxo de NÃO fazer isso?

Quando chegar a hora de comprar novos equipamentos ou modificar os seus sistemas existentes, as opções projetadas de forma higiênica oferecem o que Klemme descreve como "soluções vantajosas para ambas as partes".

Para um lado, os benefícios da segurança alimentar e da facilidade de limpeza são claros. Mas para o outro lado, é uma vitória financeira. Os equipamentos projetados de forma higiênica podem funcionar a longo prazo por um custo mais baixo. Com o tempo, isso pode afetar drasticamente seu custo total de propriedade.

Se você está procurando alinhar um novo projeto para a liderança da fábrica, uma solução de equipamento que melhore a segurança alimentar, reduza os riscos, proporcione mais tempo de atividade e tenha custo menor no longo prazo devem chamar sua atenção.

A prevenção do pior resultado para sua fábrica começa com a escolha do equipamento certo. Faça com que as melhorias de design higiênico sejam uma prioridade, e assim você não irá sacrificar os resultados financeiros para atender os objetivos de segurança alimentar. Mostre aos líderes da empresa o panorama completo do TCO e como, com uma visão de longo prazo, eles podem ter ambos.

Se você quiser saber mais sobre os benefícios econômicos e de segurança alimentar dos equipamentos projetados de forma higiênica, entre em contato com os especialistas da Intralox e da CFS.


Notícias e idéias