Os benefícios dos sistemas de baixa tensão ou livres de tensão

Em sistemas de acionamento, menos (ou zero) é mais

  • Ideias
  • Maio 10, 2021
Exemplo que demonstra o espectro desde o sistema totalmente tensionado até o sistema sem tensão e as esteiras utilizadas em cada etapa

As primeiras esteiras transportadoras de produtos dependiam do atrito como uma função primária para acionar as esteiras. Embora tais sistemas totalmente tensionados ainda estejam em uso hoje em dia, a tecnologia de transporte evoluiu muito. 

Com o tempo, os OEMs e processadores de alimentos têm optado cada vez mais por sistemas de tecnologia de baixa tensão ou sem tensão acionados por rodas dentadas sobre aqueles que são acionados por atrito.

Qual é exatamente a diferença entre estas soluções? De que forma a tecnologia evoluiu além dos sistemas tensionados?

Quer você esteja planejando construir novos transportadores ou pensando em modernizar o equipamento existente, destacamos os benefícios de eficiência operacional e segurança dos alimentos que os sistemas de esteiras de baixa tensão e sem tensão podem proporcionar em suas instalações.

Eficiência operacional

Em um sistema tensionado, a esteira deve ser apertada para funcionar corretamente. Quando os clientes se afastam desse conceito, vários benefícios inerentes surgem imediatamente.

Maior vida útil da esteira

Quando a tensão é reduzida ou removida de um sistema de esteiras, menos tensão é imposta aos componentes do transportador. Como a carga de trabalho da esteira é menor, sua vida útil é prolongada. Em sistemas com rodas dentadas de baixa tensão e sem tensão, a curvatura catenária criada no retorno ajuda a tornar isso possível. 

"Isto é muito importante porque tem duas funções", afirma Cornel de Lange, Gerente de Engenharia de Aplicação da Intralox EMEA. "A curvatura catenária ajuda a manter uma tensão baixa ou zero na esteira, e também permite o alongamento ou contração da esteira".

Curvatura catenária da esteira de medição do trabalhador em uma esteira transportadora, com rótulos para "soleira", "retorno" e "curvatura catenária"

A curvatura catenária em sistemas de baixa tensão e sem tensão fornece armazenamento de esteira para ciclagem térmica.

Digamos que a temperatura caia entre a higienização e a produção. À medida que a esteira fica mais fria, ela se contrai e fica mais curta no transportador. Como há esteiras soltas na catenária, o sistema pode se basear nesse comprimento extra de esteira para alimentar todo o circuito e permanecer com baixa tensão ou sem tensão.  

Esta curvatura catenária no retorno também promove o relaxamento da esteira. Quando a esteira está sob carga na soleira, há tensão. Mas assim que ela sai do acionamento, essa tensão é removida. 

“É como tirar o fim de semana de folga”, diz Jim Honeycutt, Gerente de Produto da Intralox® ThermoDrive®. "A esteira funciona de segunda a sexta na soleira e depois, no retorno, relaxa, recarrega e se prepara novamente para transportar". Em um sistema tensionado, a esteira funciona efetivamente todos os dias da semana, e nunca fica parada. Não é de se admirar que sua vida seja mais curta.

Dica da equipe da Intralox: Ao modernizar sua fábrica, certifique-se de comunicar as mudanças à sua equipe de manutenção. Eles podem ver a curvatura catenária como um problema e erroneamente adicionar tensão ao seu sistema de esteiras de baixa tensão ou sem tensão.

Sem dispositivos tensor para gerenciar

As esteiras tensionadas requerem ajustes regulares. Os operadores usam dispositivos de captação para estabelecer o que eles acreditam ser a quantidade ideal de tensão para que a esteira não escorregue. A tensão deve ser, porém, monitorada e gerenciada, porque ela pode mudar com o tempo. Carga do produto, temperatura ambiente, idade da esteira e o quanto a esteira é esticada são fatores que podem exigir ajustes de tensão.

Sistemas de baixa tensão e sem tensão não exigem dispositivos tensores. Na verdade, nossos especialistas incentivam a fazer modernizações para desativar seus tensores existentes ou removê-los completamente. Por quê? A solução já está em vigor para acionar a esteira de forma confiável e previsível.

A tecnologia sem tensão é uma solução que criamos que nos permite acionar uma esteira solta, de forma confiável e previsível, em uma transportadora.

Jim Honeycutt
Jim Honeycutt
Gerente de produtos Intralox ThermoDrive

Redução do desengrenamento

Quando as esteiras se movem sob tensão, o posicionamento pode se tornar problemático. "Sua esteira tende a se mover para a esquerda ou para a direita e você deve ajustá-la constantemente para manter o alinhamento consistente", diz de Lange. 

"A tensão ativa e amplifica o desengrenamento", diz Honeycutt. "Quando você elimina a tensão no sistema de esteiras, você desativa e reduz o desengrenamento. Quanto menor a tensão, mais fácil é administrar o desengrenamento. Quando a tensão estiver baixa o suficiente, o sistema de esteiras se tornará autogerenciado. O comportamento da esteira muda drasticamente." 

Em nossos sistemas de baixa tensão e sem tensão, a esteira mantém o contato com as engrenagens e permanece no circuito devido, sem intervenção externa. Isso reduz o desgaste desigual da esteira, proporcionando mais tempo de atividade e confiabilidade.

O especialista da Intralox Jim Honeycutt demonstra os benefícios de um sistema de esteiras sem tensão.

Benefícios para a segurança dos alimentos

Acesso mais fácil para a higienização

Em sistemas de baixa tensão e sem tensão, você tem uma esteira solta e posicionada em encaixes catenários, permitindo que a esteira seja levantada na soleira. Isso proporciona acesso fácil e imediato para a limpeza diária do transportador com o mínimo de esforço. O projeto do circuito da esteira é simplificado com sistemas de esteira de baixa tensão e sem tensão, criando novas oportunidades no design higiênico do transportador, melhorando ainda mais o acesso à higienização. 

"Isso se traduz em brand protection, desempenho na segurança dos alimentos, além de mitigação do risco de segurança de alimentos, quase imediatamente", afirma Honeycutt.

Sem reforços do tecido

Para evitar o estiramento, as esteiras planas tradicionais geralmente incluem reforços de tecido dentro delas. Se a esteira estiver danificada e o tecido exposto, ela criará pontos para acúmulo de bactérias.

Um sistema livre de tensão permite que os OEMs e os processadores de alimentos usem materiais de esteira não reforçados e extremamente higiênicos. "Isto permite a escolha de material termoplástico, sólido e seguro, higiênico, robusto, monolítico e impenetrável a partir de fluidos ou patógenos", declara Honeycutt.

Todas as esteiras transportadoras eram tensionadas e baseadas em atrito, até que a Intralox introduziu a esteira plástica modular em 1971.

A esteira modular plástica foi inventada para resolver os problemas inerentes às esteiras metálicas. As esteiras ThermoDrive foram criadas para levar a segurança dos alimentos a um novo nível, sem sacrificar a confiabilidade operacional.

Então, por que sistemas de esteira tensionada ainda são amplamente usados? Considerando os enormes benefícios das tecnologias de remoção ou redução total da tensão da correia, essa é uma boa pergunta. 

Como afirma Honeycutt, “É muito simples. Quando você tira a tensão, tudo fica melhor, de repente, mais rapidamente". 

Contate nossos especialistas em suporte técnico para determinar a configuração ideal para sua esteira transportadora.


Notícias e idéias