Uma nova mentalidade para uma nova indústria

O roteiro dos especialistas para a revolução do VE

Três homens olhando para uma bateria de VE em um transportador DARB. Um deles está apontando para ela. O outro está segurando um notebook e usando um boné de beisebol.

“O maior desafio na produção de baterias de VEs é que elas não podem ser pensadas como se fossem motores a combustão”, diz Martina Costa, Analista de Desenvolvimento de Negócios da Intralox. “O manuseio eficiente das baterias de VEs exige novas tecnologias e uma mentalidade totalmente nova.”

À medida que a indústria de veículos elétricos (VEs) continua a expandir sua participação no mercado, uma analogia comumente usada é a própria invenção do automóvel: assim como os automóveis substituíram os cavalos como o principal meio de transporte, os VEs logo superarão os veículos movidos a gasolina.

O que as pessoas esquecem é que 30 anos se passaram desde a invenção do automóvel até a sua produção em massa. Engenheiros alemães construíram o primeiro motor a gasolina com ciclo de quatro tempos em 1876. Uma década depois, Karl Benz começou a fabricar os primeiros veículos comerciais com motores de combustão interna. Levou mais 12 anos até Henry Ford começar a produção em massa de seu Ford Modelo T.

Esse experimento de décadas criou um novo mundo, e os consumidores de hoje sentem que estão vivendo uma mudança de paradigma semelhante: os VEs substituem os carros a gasolina. No entanto, a indústria de VEs ainda não é um experimento de décadas, pois ela não levou mais de 30 anos para refinar seus processos de produção.

Não. A indústria de VEs, ainda em seus primórdios, está sendo observada avidamente por consumidores que desconhecem os desafios da produção de baterias em comparação à produção automotiva tradicional.

Os fabricantes estão sob pressão para lidar com peso adicional, materiais corrosivos e dimensões complexas. E eles estão sob pressão para fazer isso agora.

Conversamos com a especialista em VE Martina Costa para discutir as estratégias e soluções que ela acredita que podem ajudar os fabricantes a ter sucesso nessa indústria em expansão.

Força e velocidade

“Esta etapa se resume nas baterias de VEs”, diz Costa.

Costa tem experiência de engenharia nas indústrias de pneus, automóveis e VEs, com especialidades em desenvolvimento de produtos e análise financeira. Ela está ajudando a criar as mais novas soluções de manuseio de bateria de VEs da Intralox e viu de perto a ascensão dos veículos elétricos.

Sua declaração é definitiva: significa que está na hora de os fabricantes se equiparem adequadamente para mover produtos pesados e difíceis das baterias de VEs — e movê-los rapidamente.

“Aumentar o rendimento da bateria de VE é uma grande preocupação para os fabricantes de carros”, diz ela. “Elas são mais pesadas do que os motores a combustão, são delicadas e vêm em mais formas e tamanhos. Ao mesmo tempo, os fabricantes estão sob pressão para atender às metas de vendas e vencer a concorrência mundial.”

No entanto, a indústria automotiva é rigorosamente regulamentada e adota uma abordagem cautelosa para fabricar veículos e componentes. Isso irá de encontro à mudança para a era do VE.

Capa do e-book com três homens olhando para uma bateria de VE no transportador, texto: Prepare-se para o seu futuro: os princípios por trás das soluções de manuseio de baterias de VEs da Intralox

Baixe nosso e-book

Prepare-se para o seu futuro: os princípios por trás das soluções de manuseio de baterias de VEs da Intralox é um guia criado para ajudar você a avaliar sua operação atual e planejar-se para qualquer desafio.

Baixe o PDF

“Os fabricantes gostam de segurança, por isso, lidam com as baterias de VEs como sempre manusearam os motores de combustão”, diz Costa.

Ironicamente, esse cuidado é uma manobra arriscada tanto em termos de produtividade quanto de custo geral, porque as linhas de produção de motores a combustão são muito rústicas para as delicadas baterias dos VEs. Danos às baterias de VEs são caros, mais do que nos motores de combustão, e danos constantes irão afundar a produtividade.

Quando chegar a hora de a sua operação adicionar ou mudar para a produção de VEs, seu sistema precisará ser projetado com soluções que manuseiem adequadamente esses produtos novos e difíceis.

Flexibilidade para o futuro

“Usamos toda nossa experiência para criar algo que esteja preparado para o futuro”, diz Costa. “Os fabricantes de automóveis e os produtores de baterias de VEs precisam de soluções que permitam que continuem a se ajustar às novas baterias, independentemente de tamanho, peso e especificações.”

A flexibilidade de soluções é fundamental não só porque os produtos da indústria estão evoluindo, mas porque a montagem bem-sucedida de um desses produtos depende de vários processos. As baterias começam como células, são transformadas em módulos e terminam como pacotes, e cada etapa requer configurações diferentes.

“Para otimizar a etapa da célula e do módulo, que exige um manuseio preciso e suave, construímos nossa experiência na indústria de logística”, explica Costa. “Para pacotes de baterias, usamos nossa experiência na indústria automotiva e de pneus, pois essa etapa tem mais relação com a movimentação de peças pesadas.”

Assim como nessas indústrias, a automação dessas etapas pode ser uma maneira boa, e econômica, de reduzir falhas humanas e agilizar cada processo. Ela também permite a análise de dados, o que pode facilitar a resposta quando o mercado ditar alterações em seu processo.

“A conexão de dados em todos os processos facilita a detecção de problemas, a adaptação e a melhoria do fluxo de produção geral”, diz Costa.

Bateria de VE na esteira transportadora Flat Top

Parceiros confiáveis

Em uma indústria treinada para ser cuidadosa com novas tecnologias, fazer com que as empresas mudem a produção de baterias de VEs não é fácil.

“É por isso que testamos”, afirma Costa. “Quero dizer isso no sentido mais amplo da palavra. Oferecemos aos clientes todo o tempo e os recursos de que precisam para descobrirem a melhor solução para eles, tanto em nossas instalações de teste quanto em suas próprias fábricas.”

Ao escolher as soluções da Intralox, você se torna nosso parceiro. Analisamos o seu projeto do início ao fim: do pedido, instalação ao suporte contínuo.

O suporte da Intralox é gratuito. É disso o que você precisa quando introduz uma nova tecnologia no mercado. Você precisa estar presente e fazer parte da mudança.

Martina Costa
Martina Costa
Analista de Desenvolvimento de Negócios da Intralox

Podemos colaborar com seus parceiros fabricantes de equipamentos e sua equipe para otimizar seu layout, atender a metas específicas de produção ou simplesmente implementar nossas tecnologias com sucesso. E quando tudo estiver funcionando, não iremos abandonar você.

“Nosso objetivo é manter o contato com nossos clientes, e não só vender nossas soluções”, ela continua. “Trazemos inovação, mas nossos clientes trazem experiência com suas linhas de produção específicas. Seus engenheiros trabalham em seus sistemas há muitos anos, por isso, eles quais os desafios específicos que enfrentam.”

Os engenheiros de aplicação da Intralox também visitam nossos parceiros para fazer verificações de integridade dos equipamentos existentes e ministrar treinamentos para novos desenvolvimentos e inovações, e tudo gratuitamente.

“É disso o que você precisa quando introduz uma nova tecnologia no mercado”, diz Costa. “Você precisa estar presente e fazer parte da mudança.”

O que vem a seguir?

O setor padronizará os tamanhos das bateria de VEs? Elas passarão a ser substituíveis ao invés de carregáveis? Precisarão de adaptação para armazenamento doméstico?

“Já estamos trabalhando com todas essas perguntas”, afirma Costa. “Por exemplo, embora a mobilidade de VE esteja agora principalmente em carros, em breve teremos um aumento em ônibus e caminhões elétricos com baterias para serviço pesado.”

“É por isso que pretendemos criar um processo de produção enxuto e flexível.”

É também por isso que oferecemos a você o suporte mais abrangente da indústria.

Nossa experiência. Seu futuro.

Prepare-se para qualquer desafio. Nosso e-book traz um resumo para ajudar você a desenvolver operações robustas e preparadas para o futuro.


Notícias e idéias