Animação versus Simulação

Preveja resultados e maximize o desempenho ao automatizar o transporte de embalagens

Capturas de tela lado a lado do transporte de embalagens, animadas e simuladas, texto: "Animação versus Simulação"

A automação é fundamental para instalações de processamento em todas as indústrias. Entretanto, com obstáculos dispendiosos, demorados e fatores desconhecidos envolvidos, consegui-la não é fácil. É possível realmente obter um desempenho previsível no transporte de embalagens?

A boa notícia é que você pode ter, com ferramentas como animações e simulações, uma melhor previsibilidade do desempenho do transportador e uma compreensão mais profunda de seus sistemas ao otimizar o layout de suas linhas de produção. É importante entender as diferenças entre os dois quando se trabalha com seus parceiros para avaliar soluções. Conversamos com Joe DePaso, Engenheiro Sênior da Intralox, e Reid McCall, Gerente de Produto Demo3D da Intralox, para entender melhor as diferenças entre animação e simulação.

Animações definidas

“A animação é uma representação idealizada de pacotes que se movem do ponto A ao ponto B. Dessa forma, os pacotes alcançariam seu destino independentemente de qualquer obstrução", explica Joe DePaso. “A animação é uma representação do movimento.” Ela pode ajudar os gerentes e operadores da fábrica a entender e visualizar a aparência do sistema desejado. No entanto, as animações não podem mostrar as nuances que os pacotes podem encontrar na linha de produção. Eles simplesmente não estão equipados para levar em conta resultados imprevisíveis, previsões e gerenciamento de riscos.

Em 2005 começamos a trabalhar com o Emulate3D para desenvolver um motor de física Intralox ARB dentro do Demo3D que nos daria um movimento preciso das embalagens. Eventualmente, desenvolvemos um catálogo exclusivo da Intralox que continha dispositivos Intralox ARB e toda a linha de produtos Intralox. Durante este desenvolvimento, e ao aplicar ferramentas de simulação com nossos clientes, evoluímos nossos papéis de vendedores para verdadeiros consultores técnicos.

Joe DePaso
Joe DePaso
Engenheiro Sênior da Intralox

Como as simulações diferem

Em uma simulação física em 3D, cada componente que um pacote encontra no processo recebe parâmetros físicos. O movimento do pacote evolui no tempo em que interage com esses componentes físicos. O vídeo de simulação é o resultado gráfico dessas interações, com o movimento gerado do pacote.

As simulações levam o modelo em 3D de um ambiente de sistemas e aplicam ferramentas científicas, como nossos algoritmos de física proprietários, ferramentas de análise de acumulação e ferramenta de estimativa OEE, para responder a perguntas específicas. Essas perguntas podem ser tão simples quanto "em que velocidades preciso executar minha combinação para evitar um backup?" ou tão complicado quanto "se o meu embalador ficar parado por 15 minutos, por turno, que impacto isso teria na minha produtividade geral?"

A precisão das respostas a essas perguntas depende muito da qualidade dos dados que estão sendo usados como base da simulação, que ajuda os líderes de projeto a tomar decisões informadas e a fornecer resultados previsíveis e precisos por meio de modelos baseados em simulação. Isso permite prever o custo total de propriedade de um sistema, identificar e direcionar gargalos e ter uma compreensão aprofundada de como os produtos se comportarão em suas linhas de produção.

A Intralox usa a simulação para otimizar layouts de linha de produção e ajuda a garantir o valor total do projeto e um retorno mais rápido do investimento.

Quando as simulações são necessárias?

Simulações são benéficas quando há alguma preocupação em relação ao desempenho de seus processos, como classificação, combinação, divisão e formação de camadas de pallet. Nessas situações, as simulações validam a eficácia do layout de linha. Os melhores resultados são obtidos quando você trabalha com especialistas em layout no início de seus projetos para levar suas metas de processo e desenvolver um layout para realizá-las.

DePaso explica: "A simulação de todo o processo ou de subprocessos críticos reduz drasticamente o risco, permitindo a observação do movimento de pacotes evoluídos pelo processo." Na Intralox, as simulações são apenas um aspecto do kit de ferramentas que usamos para otimizar e simplificar layouts de linha para nossos clientes. 

Outras ferramentas no kit de ferramentas do gerente de desenvolvimento de layout incluem a modelagem discreta de eventos, análise de gargalo, análise de rendimento, análise de acúmulo, modelagem com base na física e um entendimento especializado dos sistemas de transporte.

Dica da Equipe Intralox: ao considerar a modelagem por simulação para a otimização do layout da sua linha de produção, comunique todas as informações conhecidas sobre suas transportadoras, equipamentos, metas e resultados desejados ao seu fornecedor. Conhecer todas as principais informações é essencial para usar simulações para reduzir riscos.

Simulações: tão fortes quanto a parceria

DePaso compara simulações a uma ferramenta tão forte quanto o usuário. É importante ter um parceiro com conhecimento e sucesso comprovados com modelagem de simulação ao considerar a automação de suas instalações de processamento. Além disso, seu parceiro precisa entender todos os níveis de informações sobre seus sistemas para que a simulação seja aplicável.

A qualidade e a integridade dos dados que estão sendo usados como base da simulação, bem como o conhecimento profundo dos pontos fortes e das restrições do software, determinarão a precisão da simulação.

Reid McCall
Reid McCall
Gerente de Produtos Intralox Demo3D

“Uma boa simulação não pode ser feita no vácuo”, diz Reid McCall. “A qualidade e a integridade dos dados que estão sendo usados como base da simulação, bem como o conhecimento profundo dos pontos fortes e das restrições do software, determinarão a precisão da simulação. Como tal, o diálogo aberto e uma compreensão clara das metas e objetivos do nosso lado e do lado do cliente são partes fundamentais de uma experiência de simulação bem-sucedida.”

Assista como uma simulação em grande escala ilustra o valor da otimização do layout da linha de produção.

Simular e Atingir Metas

A modelagem por simulação oferece muitos benefícios para uma variedade de metas tanto para as instalações processadoras quanto aos fabricantes de equipamentos.

Em pequena escala, as simulações podem:

  • Otimizar o alinhamento e sincronismo do dispositivo de controle da linha de produção
  • Otimizar o sequenciamento do transporte e as velocidades do transportador
  • Verificar as propriedades de manuseio do produto, incluindo alterações de orientação, torneamento, inclinação, curvas e pressão de retorno de acúmulo

Em grande escala, as simulações podem:

  • Estimar o volume de produção da linha de produção de embalagens, a eficiência geral do sistema e o tempo de atividade
  • Identificar gargalos em um sistema
  • Otimizar os locais de acúmulo determinando a quantidade de acúmulo nesse local

Independentemente da escala do seu projeto, a modelagem de simulação foi projetada para ajudá-lo a minimizar os riscos e economizar tempo e dinheiro.

História de sucesso: Helmers Maschinenbau e a Intralox ajudam uma das maiores fábricas de processamento de carne da Alemanha a obter uma economia total anual de 2,8 milhões de euros (3,36 milhões de dólares).

Saiba como

Intralox e uma década de experiência em simulação

Há mais de 10 anos, a Intralox vem utilizando a modelagem por simulação como uma ferramenta de comprovação de conceito e validação de layout para transporte. Desenvolvemos a forma como usamos simulações para ajudar a quantificar o valor de layouts otimizados e avaliar melhor os projetos, com o objetivo de ajudar a reduzir os riscos antes que qualquer equipamento seja construído e utilizado.

Interessado nos serviços de simulação da Intralox para otimização do seu layout? Visite nossa página Otimização de layout.


Notícias e idéias